página inicial  definição VAD  avaliação via aérea  algoritmo VAD   anatomia   intubação traqueal

 guia "Bougie" Máscara Laríngea fibroscopia VJTT cricotireoidostomia casos clínicos biblioteca virtual   

links interessantes   fale conosco

 

                  

            Posição olfativa ideal

 

A posição olfativa ótima envolve a colocação de coxim occipital associado à hiperextensão da cabeça para que seja possível o alinhamento dos eixos oral, laríngeo e faríngeo.

 

 

 

 

 

 

posição não ideal

paciente em decúbito dorsal, sem coxim

a representação didática demonstra que os eixos cilíndricos "oro-faríngeo" e "faringo-traqueal", por onde um tubo endotraqueal deverá passar para atingir seu destino, ou seja, a laringe e traquéia, se encontram praticamente em ângulo reto, uma posição claramente desfavorável à intubação por laringoscopia direta

topo da página


 

topo da página

 

 

Prepare-se para uma emergência:

 

localize a membrana cricotireóidea!!!

 

 

  anatomia  VJTT   cricotireoidostomia     

compressão laríngea externa

www.airwaycam.com

A compressão laríngea externa é realizada por quem faz a laringoscopia,

nas situações nas quais a epiglote é visível porém não a glote.

 

Consiste de suave deslocamento para trás e algo para cima da cartilagem tireóide, osso hióide e/ou cartilagem cricóide.

 

somente visão da epiglote

www.airwaycam.com 

com compressão laríngea externa: visão da laringe

introdução do TT

topo da página

pacientes obesos

uso de vários coxins:

posicionamento ideal para pacientes obesos

Fotos produzidas e gentilmente cedidas pela

Dra. Claudia Lutke

Médica anestesiologista UNIFESP

 

posição neutra, sem coxim

posição neutra, com coxim

hiper-extensão, com coxim

observe a distância esterno-mento

após o correto posicionamento

 

 

Fotos produzidas e gentilmente cedidas

pelo Dr. Paulo Rogério Scordamaglio

Médico assistente do Serviço de Endoscopia Respiratória HCFMUSP / InCor

visão ideal durante a laringoscopia

www.airwaycam.com

 

Meu paciente está bem posicionado,  

já realizei compressão laríngea externa,

é minha 3ª tentativa de laringoscopia,

mas não visualizo a glote, e nem a epiglote!!!

 

E agora,

o que fazer???

Fique calmo e clique abaixo.

Algoritmo VAD após indução da anestesia

 

 

classificação (graus) de laringoscopia (Cormack  Lehane)

Grau I: glote bem visível;
Grau II: somente a parte posterior da glote é visualizada;
Grau III: somente a epiglote pode ser visualizada

              nenhuma porção da glote é visível;
Grau IV: nem a epiglote, nem a glote podem ser visualizadas.


Cormack RS, Lehane J: Difficult tracheal intubation in obstetrics.Anaesthesia 39:1105, 1984.


 

 

topo da página

página inicial