voltar página inicial  definição VAD avaliação via aérea  algoritmo VAD   anatomia   intubação traqueal

  guia "Bougie" Máscara Laríngea fibroscopia VJTT cricotireoidostomia casos clínicos biblioteca virtual fale conosco     

 

       Intubação traqueal

 

posicionamento ideal para laringoscopia  

 

 

   

clique aqui para saber como escolher o tubo traqueal

 

laringoscópios

 


Intubação traqueal por laringoscopia direta

 

 

1) Certifique-se que todos os equipamentos necessários

estejam disponíveis.

 

 

2) A cabeça do paciente é adequadamente posicionada, para um melhor alinhamento dos eixos de visão.

 

 

3) A lâmina do laringoscópio desliza cuidadosamente sobre a língua, progredindo para frente até atingir a valécula.

 

 

 
   

 

4) A ponta da lâmina, ao atingir a valécula, pressiona o ligamento glosso-epiglótico que irá fletir anteriormente a epiglote.

Uma tração anterior firme da língua,

no sentido do "cabo do laringoscópio" possibilitará a visualização da laringe.

 

Intubação com o guia introdutor

de “Macintosh-Venn-Eschmann”

("Bougie”)

 

5) Uma vez exposta a glote, introduzir o tubo endotraqueal, com o balonete desinflado e a curvatura para frente.

 

Esta sonda deve penetrar através da glote, com o balonete ultrapassando,

de 1 a 3 cm as cordas vocais.

Este processo deve ser acompanhado visualmente afim de se garantir o correto posicionamento do tubo.

Confirmar intubação traqueal

com CO2 expirado.

 

topo da página  
         
voltar página inicial