página inicial  definição VAD  avaliação via aérea  algoritmo VAD   anatomia   intubação traqueal

  guia "Bougie" Máscara Laríngea fibroscopia VJTT cricotireoidostomia casos clínicos biblioteca virtual fale conosco   




Laringoscópios ópticos

voltar  

      

 

laringoscópio de Tobold

 

anestesia inalatória, 1874

 

Os equipamentos evoluiram....

 

alguns exemplos de laringoscópios ópticos

 

 


      Bullard

 

laringoscópios de Bullard

São laringoscópios que dispõe de um sistema de fibra-óptica rígida combinado a lâminas curvas e retráteis, que permitem a intubação com o paciente em posição neutra.

Possibilitam a visualização da abertura glótica mesmo quando há dificuldade no alinhamento dos eixos oro-faríngeo e faringo-traqueal.

Úteis em casos de laringoscopia difícil e principalmente quando não se deseja movimentação cervical, como nos pacientes com espodilite anquilosante, instabilidade cervical, artrite severa, limitação na abertura bucal.

 

Como todos os dispositivos com fibra óptica,

o campo visual já restrito é sujeito a limitações

na presença de secreção ou sangue.

 

 

 

topo da página voltar página inicial